Análise do IPI, ICMSE e ICMSV

Neste artigo trataremos da inclusão na composição da fórmula de formação do preço dos produtos das variáveis IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), ICMSE (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (Entrada ou compra) e o ICMSV (Venda).

2 – Custo + IPI

Será incluído agora o IPI, imposto sobre produtos industrializados, incidindo sobre o custo que no caso vem corresponder ao preço do fornecedor. Para tanto, está sendo considerado que o fornecedor é um fabricante. O IPI, nesse exemplo, corresponderá a uma alíquota de 15%. O impacto que esse imposto representará no preço final do produto é demonstrado a seguir:

Custo = 100 → PV = 100+15%x100 = 230 PV = Custo+IPI (1)
0,50 (1 – M%)

Observa-se dessa forma que, para se manter a margem estipulada de 50%, o preço de venda teria que ser de R$230,00 e não mais de R$200,00.

3 – Custo + IPI + ICMSE + ICMSV

Incidente sobre o custo do produto estará o ICMS de entrada, já embutido no custo da mercadoria adquirida e aqui chamado de ICMSE, bem como o ICMS de saída da mercadoria (ICMSV), que, por sua vez, deverá da mesma forma estar acrescido no preço final de venda. Desse modo, a apuração do imposto sobre o Valor Adicionado se dará automaticamente.

PV = Custo (1 – ICMSE%) + IPI
      (1-ICMSV% – M%)

 

PV = 100 (1 – 18%) + 15 = 303,125
     (1 – 50% – 18%)

Um detalhe importante a ser observado é que p IPI de 15% incide sobre reduzir o custo final do produto, e é, portanto, de R$15,00. Não se deve deduzir o ICMSE do custo para se efetuar o cálculo do IPI.

Outro aspecto a ser considerado é que, nesse exemplo, as alíquotas de ICMSE e ICMS coincidem, o que nem sempre é verdadeiro. Para isso, foi considerado que a mercadoria foi recebida e remetida para o mesmo Estado, cuja alíquota é de 18%.

Será demonstrado a seguir que a margem de 50% determinada está mantida com a inclusão dessas variáveis:

❶ PV 303,12 100%
❷(-) ICMSV (54,56) 18%
❸ = ❶ – ❷ PV Líquido 248,56
❹ Custo 100
❺ (-) ICMSE (18%) (18)
❻ + IPI (15%) 15
❼ = ❹ – ❺ + ❻ Custo Líquido Total 17
❽ = ❸ – ❼ Margem Líquida 151,56 50%

Observe-se que, com a inclusão dos impostos incidentes na compra e na venda de mercadorias, o preço final do produto terá que se elevar de R$200,00 para R$303,12, caso se pretenda a manutenção da margem de 50%.

Vale notar, contudo, que a margem foi fixada sobre o preço de venda, não importando qual sua magnitude para efeito dessa análise.

Para uma melhor compreensão deste artigo é importante que você leitor pesquise a seção:  determinação preço  no varejo-II

Referência: ANGELO, C.F.; SILVEIRA, J.A.G (Coord.). Finanças no Varejo – Gestão Operacional, Editora Atlas